Feriado de 7 de Setembro – Bocaina do Farias

Dados gerais

  • Como Chegar : Está localizada a 65 km da sede do município de São João D’Aliança-GO, sendo 35km pavimentados e 30km em estradas de terra.
  • O perído da seca, de Maio a Setembro, é o melhor período para visitação

 


 

Nosso Relato

Sempre falávamos sobre ir até a Chapada dos Veadeiros conhecer algumas das belezas locais no feriado da Independência, porém demoramos muito para fazer as reservas nos principais destinos, Alto Paraíso de Goiás e Cavalcante, por isso os preços subiram muito, com a certeza de tempo bom e grande volume de turistas para o feriado.

Assim, decidimos ficar em Brasilia, aproveitar a cidade vazia e no máximo fazer turismo por alguma cidade próxima.

Mas como sempre, nossas aventuras começam de maneiras imprevisíveis, no sábado a noite, conversando com os amigos do Portal das Cachoeiras, decidimos ir até São João D’Aliança, visitar a Bocaina do Farias, local que eles pretendiam visitar e catalogar para o portal. Assim, quase 1 da manhã, fomos dormir com o plano de acordar as 6 e encontrá-los na rodovia perto de casa para seguirmos rumo a entrada da Chapada dos Veadeiros e um dia de grandes aventuras.

Acordar nem foi tão difícil pela empolgação antecipando tudo o que vinha pela frente. Encontramos nossos amigos e rumamos até São João sem a certeza de encontrar o guia, que não atendia o telefone no dia anterior. Chegando lá, depois de algumas tentativas, conseguimos falar com o guia que disse que havia ido até a Bocaina no dia anterior e que estava cansado. Após uma pequena negociação, ele nos explicou como chegar a sua casa para buscá-lo e concordou em nos levar a este lugar incrível.

Em torno de 40 minutos de estrada de chão depois, encontramos o local onde deveríamos deixar os carros, a partir dali seguiríamos 2,5 kms a pé, em uma estrada onde apenas é possível trafegar de motos ou veículos 4×4, atravessando 2 riachos. Esta estrada segue subindo e descendo e contornando morros, até um pequeno rancho, que já foi habitada por diversas pessoas com o passar dos anos, inclusive por donos que não autorizavam visitas ao incrível local em que esta se localiza.

O proprietário atual não mora na cidade e, de acordo com o nosso guia, nem sabe direito o que existe no terreno. Ah, se ele soubesse….

O lugar abriga algumas cachoeiras de tamanho considerável, um cânion incrível e poços de águas límpidas para aquele providencial banho no calor do cerrado.

Primeira cachoeira.
Primeira cachoeira.

O Luiz decidiu pular na primeira queda e gastamos um tempo precioso sendo devorados por mosquitos até ele voltar.

Água gelada.

Água gelada.

A seguir tomamos uma trilha que contorna o cânion e chega a um espaço aberto no segundo nível do complexo, de onde se pode descer a cachoeira maior por uma outra trilha até um poço ou se decide entrar no cânion e atravessar por dentro da água chegando à base da segunda cachoeira do complexo, próxima de onde o Luiz pulou.

Do you handstand me?
Do you handstand me?

cachoeira 06-09-2015 075

Haviam alguns visitantes locais dentro do cânion, por isso decidimos primeiro descer ao poço para nadar. Uma trilha curta, com segurança de correntes, leva até uma pequena prainha, de águas limpas e um poço perfeito para nadar, que fica profundo em poucos metros.

Pequeno poço
Pequeno poço

Após subirmos, o outro grupo já havia saído do cânion e foi a nossa vez de nos aventurarmos por entre as paredes de formas arredondadas e a água gelada em nossos pés.

Pés na água
Pés na água

Em alguns trechos andávamos com a água pela cintura, até chegarmos em um ponto de onde só é possível prosseguir nadando, e depois de alguns minutos se chega a um grande salão onde existe uma pequena ilha de pedras e é possível ver a segunda cachoeira do complexo.

cachoeira 06-09-2015 118

Cachoeira do final do cânion
Cachoeira do final do cânion

Após as devidas fotos começou todo o trajeto de retorno, caminhada até o rancho, caminhada até o carro, de carro até São João e então a viagem de volta até Brasília, as 21 horas estávamos em casa, ainda sem acreditar na beleza de tudo o que vimos no dia.

Obs 1: para saber mais sobre cachoeiras do país todo visite o Portal das Cachoeiras.

Obs 2: encontramos pouco lixo pelas trilhas, mesmo assim haviam algumas garrafas e pacotes de biscoito perto das cachoeiras. Triste saber que um local quase secreto também sofra a ação dos farofas, assim como no montanhismo, o turismo de aventura em geral precisa de mais respeito aos locais visitados!

Um comentário em “Feriado de 7 de Setembro – Bocaina do Farias

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: