Glaciar Perito Moreno

  1. Um pouco sobre O Perito Moreno
  2. Como chegar
  3. Estrutura
  4. Melhor época para visitar
  5. Nossa experiência – Circuito pelas passarelas
  6. Precisa de Guia?
  7. Outros passeios pelo Perito Moreno
  8. Quanto Gastamos?
  9. O que levar – Roupas, calçados…
  10. Outras dicas

1 – Um pouco sobre O Perito Moreno

O Glaciar leva este nome para homenagear um grande explorador, naturalista e cientista Francisco Pascasio Moreno, que contribuiu muito para a região da Patagônia.

O Glaciar Perito Moreno está localizado na província de Santa Cruz, a 80 km (1:30hrs) de distância de El Calafate, é o ponto turístico mais famoso da região.

Para você ter noção do tamanho das geleiras, Buenos Aires tem aproximadamente 200 km² de área, e o Perito Moreno tem aproximadamente 250 km².

Diferente dos outros glaciares do mundo que estão diminuindo, o Perito Moreno vem crescendo, ganhando até 3 metros por dia, porém está diminuindo em Altura, hoje tem aproximadamente 60 metros fora da água, equivalente a um prédio de 20 andares, embaixo da água são mais 30 metros, mas só dá para ter noção da grandiosidade pessoalmente.

Também é uma das reservas de água doce mais importantes do mundo, sendo o maior campo de gelo fora dos pólos.


2 – Como chegar

Você pode contratar  o serviço de trânsfer com ou sem guia (nós contratamos com guia), eles te pegam e depois te deixam no hotel.

Também é possível fazer com veículo próprio. O acesso ao Parque Nacional los Glaciares é pela RP 11, são 80 km de estrada que está em boas condições, inclusive o caminho é muito bonito, e é fácil se localizar por lá.

Há a opção de ir de ônibus, pela empresa Taqsa, o valor estava R$ 92,00.


3 – Estrutura

As estruturas das passarelas são muito boas, conservadas e sinalizadas.

É extremamente acessível, há um elevador e rampas para cadeirantes, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção. É um passeio para todas as idades!

Tem estrutura de banheiro, uma grande lanchonete e restaurante, são limpos e organizados.

Você pode levar seu lanche e comer dentro da lanchonete.

 


4 – Melhor época para visitar

A alta temporada Patagônica vai de Novembro a Março, no período do verão no hemisfério sul. Chegamos a El Calafate no início da baixa temporada (abril/2019), o que garantiu menor movimento e alguns preços mais baixos, porém também começamos a pegar o tempo típico de outono, com frio, neve e muito vento.


5 – Nossa Experiência – Circuito pelas passarelas

O trânsfer passou no nosso hotel as 8 horas, contratamos o passeio com guia, durante o caminho ela foi explicando sobre a região, como foi a descoberta, e sobre a grandiosa Geleira.

Entramos no parque, pagamos a taxa da entrada, que nos indicaram pagar em dinheiro para facilitar. Depois fizemos uma pequena parada no primeiro mirante do Glaciar, onde deu para vê-lo de longe, pudemos ter noção do tamanho das geleiras, e também nos serviram um café. Voltamos para a Van, seguimos por 10 km até o estacionamento principal, onde começam as passarelas.

IMG_1223

A guia só nos acompanha até o inicio das passarelas, onde tem um painel grande com informações dos circuitos e dificuldades dos percursos. São aproximadamente  4 quilômetros para fazer todo o circuito, mas você pode escolher opções mais fáceis.  Nós fizemos o circuito completo e achamos muito tranquilo.

Caminhamos tranquilamente nas passarelas, e tivemos tempo o suficiente para contemplar o paredão de gelo, com vários tons de azul. A experiência de estar lá é indescritível, nos sentimos tão pequenos perto daquela natureza exuberante.

Ficamos atentos aos ruídos constantes da geleira, já deixamos a câmera preparada, pois quando um barulho aumentava mais que o normal era sinal que aconteceria algum rompimento dos pedaços de geleira. Tivemos sorte e vimos alguns, ficamos eufóricos pelo espetáculo.

Também há muita beleza aos redores da geleira, os arbustos e as montanhas com cores contrastantes deixam a paisagem magnífica.

Após o passeio nas passarelas, comemos um sanduíche e tomamos café na lanchonete, enquanto esperávamos pela nossa Van. Chegamos cedo no hotel, as 16 horas, aproveitamos para curtir o pôr do sol em El Calafate, na Orla do Lago Argentino.

 

Nós adoramos e indicamos este passeio!


6 – Precisa de guia?

Nós fomos com guia, mas dá perfeitamente pare ir sem. Foi legal a interação e os fatos históricos contados, mas não achamos que é necessário.


7 – Outras maneiras de conhecer o Perito Moreno

  • Navegação: Passeio para quem quer ficar ainda mais perto das geleiras, você pode combina-lo com o passeio pelas passarelas.

  • Mini Trekking: Caminhada leve pelas geleiras, mas só é possível fazer na alta temporada
  • Big Ice: Inclui o trecho do mini trekking, este é o passeio mais intenso, indicado para quem tem preparo físico, mas não é necessário experiência com trekking no gelo. Também só é feito na alta temporada.
  • Passeio de caiaque: Remar e ficar próximo as geleiras, indicado para quem tem bom preparo físico.
  • Existem passeios para outros Glaciares da região.

 


8 – Quanto Gastamos

  1. Passeios: 1500 pesos pelo transporte com Guia + 700 Pesos na entrada do parque – (Aproximadamente R$ 160,00 por pessoa).
  2. Lanchonete: R$ 40,00 (para duas pessoas)

9 – O que levar – Roupas, calçados…

Independente da época, é importante levar roupas próprias para o frio e vento – Jaqueta, calça e botas impermeáveis, calça e jaqueta resistentes ao vento, segunda pele, gorro e luvas, meias para trekking, fleece.

Proteja sua pele com protetor solar, protetor labial, cremes hidratantes.

Para todos os passeios, é interessante levar tênis e se possível botas para trekking.


10 – Outras dicas:

  • Há wi-fi na lanchonete.
  • Você consegue se comunicar falando português, inglês e espanhol.
  • Visitamos o Perito Moreno em Abril de 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: